Todas as empresas querem ver seus colaboradores trabalharem felizes e satisfeitos. Algumas até acreditam que sua equipe esteja envolvida em um ambiente corporativo saudável. Mesmo assim, nenhuma companhia está imune de ser afetada por um poderoso inimigo: o absenteísmo no trabalho.

Você sabe o que é o absenteísmo? Entende suas causas e como ele pode atingir os resultados de sua organização? Quer aprender a controlá-lo? Então, você está lendo o post certo!

O que é absenteísmo?

O termo absenteísmo vem do latim e refere-se à ausência ou ao afastamento de uma função ou atividade. Trazendo para o mundo empresarial, o absenteísmo representa as faltas dos colaboradores ao trabalho.

Então, o somatório de todas as ausências, justificadas ou não, revelam a taxa de absenteísmo de uma instituição. Em outras palavras, demonstram o seu índice de improdutividade.

Quais são as suas causas?

Os motivos para o não comparecimento de profissionais ao trabalho podem ser os mais diversos. Entre eles estão:

  • doença;
  • busca por novas oportunidades;
  • volume excessivo de atividades;
  • assédio moral;
  • incompatibilidade com a cultura da empresa;
  • desmotivação com o plano de carreira da instituição;
  • estagnação profissional.

Não importa o que ocasione a ausência de um ou mais colaboradores, a organização precisa aprender a controlar esse comportamento. Do contrário, sofrerá amargos prejuízos. 

Como ele pode afetar os resultados da empresa?

Um dos aspectos que é diretamente afetado pelo absenteísmo é a integração da equipe. Uma vez que as demandas são divididas entre os colaboradores e estão interligadas entre si, a falta de um profissional pode paralisar o andamento de um projeto ou sobrecarregar os outros integrantes da equipe.

Se esse problema não for resolvido, logo um clima de tensão, conflitos e estresse vai dominar o ambiente corporativo. E isso pode trazer mais ausências. Além disso, a cultura interna da organização pode ser abalada pelo absenteísmo.

Como assim? Digamos que a instituição preze pela inovação. Nesse caso, seu objetivo é continuar evoluindo. Para que esse processo funcione de forma eficiente, o apoio de todos os colaboradores é essencial. Ou seja, faltas constantes de profissionais podem impor barreiras aos caminhos da inovação.

Por fim, o não comparecimento de um ou mais funcionários afeta diretamente a employer branding, ou seja, a reputação da empresa no mundo empresarial. De fato, um alto índice de faltas pode passar a impressão de que não é agradável trabalhar na instituição.

Afinal, o absenteísmo no trabalho pode ser controlado?

Se a sua empresa está registrando um elevado nível de ausências de colaboradores, não se desespere! Com algumas medidas, é possível diminuir esse problema. Veja, a seguir, algumas ações importantes a tomar.

Plano de carreira

Toda pessoa que leva a sério sua vida profissional fica atenta aos rumos que sua carreira está tomando. Assim, quando uma empresa não oferece nenhuma perspectiva de progresso, ou se isso acontece de maneira aleatória e desorganizada, logo aparecerá um clima desanimador na instituição.

Para evitar isso, crie um plano de carreira para a equipe. Defina funções, salários e deixe bem claro o que os profissionais precisam fazer para serem promovidos. É importante também que os colaboradores entendam claramente cada um dos cargos que precisam ocupar até chegar ao topo de sua carreira profissional.

Feedbacks

A falta de feedback para os colaboradores pode aparentar que a empresa não se interessa por eles. Caso isso ocorra, as ausências podem aumentar.

Por outro lado, quando os profissionais recebem conselhos de seus superiores, a confiança deles na instituição cresce. Eles se sentem cuidados e percebem que a companhia está preocupada com o seu desenvolvimento profissional.

Assim, é uma boa ideia implantar uma política de feedback na organização. Se fizer isso, verá a taxa de absenteísmo diminuir.

Reconhecimento

Quem não gosta de ser reconhecido e elogiado pelo que faz? Por isso, é comum que os colaboradores fiquem desanimados quando dão o seu melhor em um projeto e ninguém diz nada positivo sobre esse trabalho.

Esse tipo de atitude pode se tornar habitual em uma empresa e ser a receita para o aparecimento do absenteísmo. Ainda mais no acirrado mundo corporativo no qual as pessoas aprendem a olhar apenas para si mesmas. 

Para evitar isso, os gestores devem criar o hábito de elogiar a atuação da equipe. Além disso, pode ser criada uma política de reconhecimento que premie os colaboradores que têm um bom desempenho em suas funções. Podem ser incluídas recompensas como:

  • viagens;
  • vales-compras;
  • dias de folga;
  • salário extra;
  • promoção.

Treinamento

Outro aspecto que pode amenizar a taxa de não comparecimento de colaboradores é o treinamento. Quando a organização investe na capacitação de seu capital humano, há melhorias na produtividade, na motivação e no engajamento dos profissionais com ela. E mais: sempre que participa de um treinamento, o trabalhador se sente valorizado pela companhia e sua confiança nela fica mais forte.

Qualidade de vida

De acordo com um artigo da revista Época Negócios, um estudo feito pela Universidade de Oxford revelou que um ambiente empresarial que tem bom humor e alegria faz uma grande diferença no desempenho da equipe.

Percebendo isso, muitas empresas investem na qualidade de vida de seus colaboradores. Dessa forma, conseguem diminuir o número de atestados médicos e também as ausências no trabalho.

Para promover um ambiente agradável, algumas instituições incentivam:

  • a prática de esportes,
  • a alimentação saudável,
  • o horário de trabalho flexível;
  • happy hours; 
  • momentos para relaxar.

Tecnologia

O uso de aplicações virtuais pode ajudar no controle e na redução do absenteísmo. O aplicativo FolhaCerta, por exemplo, oferece ao gestor o recurso Aviso de Ausências. Com ele, é possível identificar os motivos e a frequência das faltas ao trabalho. Há também o sistema de ponto eletrônico, que indica a presença ou não do colaborador na empresa. Com esses dados, a instituição pode traçar estratégias para solucionar esse problema.

Em resumo, faça todo o possível para afastar o absenteísmo de sua organização. Para isso, siga as dicas dadas neste post e tenha muito sucesso em seu negócio!

O que achou deste conteúdo? Conseguiu identificar as causas e soluções para o absenteísmo no trabalho? Então, entre em contato conosco e conheça nosso aplicativo para gestão de funcionários!