Você já assistiu programas como o “Pesadelo na Cozinha”, exibido na Band? Muitos dizem que esse tipo de show serve apenas como entretenimento, mas bem que podemos aprender algumas coisas com ele. Uma delas é a importância de uma boa gestão de recursos humanos em bares e restaurantes.

A maioria dos episódios parecem ser repetidos. O dono do estabelecimento não sabe ao certo qual é o problema do negócio. Seria o cardápio? Quem sabe a decoração? No fim, o que o apresentador Erick Jacquin sempre mostra é que o problema é as pessoas, principalmente a falta de foco e sinergia dos colaboradores e do gestor.

E, sim, apesar de o “prato principal” de um negócio na área de bares e restaurantes ser a comida, o fato é que a gestão de pessoas é um dos aspectos mais importantes, pois afeta toda a dinâmica e a qualidade do serviço. Além disso, devemos lembrar que um cozinheiro amargurado pode temperar demais a comida, certo?

Para ajudar nossos leitores, resolvemos trazer algumas dicas que poderão servir de auxílio na hora de definir uma boa política e gestão de recursos humanos em seus negócios. Confira tudo o que precisa saber logo a seguir!

Capriche no processo seletivo

Qualquer gestão de recursos humanos começa no processo seletivo. Afinal, é nesse momento que escolhemos os profissionais que vão ajudar a tocar o negócio, seja atuando como garçons ou cozinheiros. Escolher as pessoas certas pode definir a qualidade do serviço e do produto.

Sim, o gestor pode ter um excelente know-how e pode conhecer todas as competências técnicas e comportamentais para os cargos do negócio, no entanto, apenas com uma empresa especializada em RH é que podemos realizar um processo seletivo de verdade.

São os profissionais dessa área que conseguem identificar os diferentes traços dos candidatos e que podem combiná-los com os cargos a serem preenchidos. Além disso, o RH também ajuda no estabelecimento de dinâmicas e de políticas internas.

Fique atento à legislação trabalhista

Outro ponto que requer atenção especial é a legislação trabalhista. Os profissionais gostam de ter seus direitos respeitados, principalmente quando consideramos regras de contratação, controle de ponto e horas extras. É assim que se mantém uma segurança jurídica muito maior na relação de trabalho.

Quando a empresa respeita a legislação trabalhista, ela evita problemas relacionados ao contrato de trabalho. Isso deixa claro para todos como o relacionamento vai prosseguir e quais são os direitos e deveres de cada um. 

Vale ressaltar que é muito importante acompanhar as mudanças trazidas pela reforma trabalhista nesse sentido. Algumas mudanças específicas aconteceram nas férias dos profissionais, por exemplo.

Faça a gestão de cargos e salários

Criar um bom plano de cargos e de salários é fundamental para melhorar a gestão de recursos humanos em qualquer empresa, e essa realidade não seria diferente no caso dos bares e restaurantes.

É preciso ter clareza a respeito das qualificações necessárias para o preenchimento dos cargos do negócio, bem como ter uma política salarial que leve em consideração não só a realidade do mercado, como também as condições da própria empresa.

Lembre-se, ainda, de que algumas questões tributárias relacionadas ao pagamento de gorjetas também devem ser consideradas, afinal, de acordo com a nossa jurisprudência, elas não integram a base de cálculo para adicionais, FGTS, férias, entre outros.

Desenvolva ações de marketing de incentivo

Uma equipe engajada pode muito mais! Por isso, é de extrema importância que o empreendedor desenvolva ações de marketing de incentivo para trabalhar em um ambiente interno mais positivo, em que todos realmente vistam a camisa da empresa.

Basicamente, as ações nessa área são realizadas internamente, para promover o engajamento dos próprios profissionais. Como exemplo, podemos citar as viagens de incentivo, que são elaboradas para estimular resultados ou o cumprimento de metas de serviço.

Além disso, é possível enquadrar, nesse mesmo tipo de estratégias, ações como bonificações para os garçons e gerentes de destaque, eventos corporativos para a integração da equipe, entre outros. O fundamental é encontrar a solução mais adequada ao perfil da sua empresa.

Invista na capacitação profissional

Gestão de recursos humanos é muito mais do que somente contratar profissionais e acompanhar os seus contratos. É preciso investir para que eles possam crescer e se tornarem ainda melhores. Em outras palavras, a capacitação profissional é uma das mais importantes iniciativas em uma organização.

Garçons e gerentes devem ser treinados não só para conhecerem as principais técnicas de atendimento, mas também para atenderem todo o tipo de público. Uma boa dica, por exemplo, é investir em cursos de línguas. Por outro lado, os profissionais da cozinha também precisam de treinos para refinar suas técnicas para a melhoria do produto.

Claro, em todos os casos, é interessante que o próprio gestor participe desses treinamentos. Dessa forma, ele também aprende e consegue manter o know-how com mais facilidade na empresa.

Incentive as lideranças

Para fechar, é muito importante que o gestor de bares ou restaurantes saiba que incentivar os líderes no ambiente de trabalho também é fundamental para integrar toda a empresa.

O líder é aquela pessoa reconhecida pelo grupo de maneira espontânea, seja por suas atribuições técnicas ou comportamentais. É o tipo de profissional que trabalha em parceria com as equipes e consegue extrair o máximo de potencial de cada uma delas. Essa pessoa deve trabalhar em favor da gestão!

Os profissionais com vocação para liderança precisam ser incentivados e estimulados desde cedo, pois certamente podem oferecer muito para a empresa em cargos mais elevados. No caso de restaurantes, líderes podem assumir a posição de gerentes, por exemplo, e guiar a todos para o melhor caminho.

Em resumo, não importa qual é o tipo de empresa, a gestão de recursos humanos sempre será uma das principais atividades para garantir a qualidade em toda a organização. Por isso, comece agora mesmo a levar esse assunto a sério para oferecer muito mais sabor para o seu cliente!

O que achou do nosso post de hoje? Conte para a gente nos comentários o que você precisa mudar na sua gestão!