Felizmente o uso do ponto eletrônico já é uma realidade na maioria das empresas brasileiras. Porém, apesar da situação favorável, ainda existem muitas dúvidas comuns a respeito do uso de ponto eletrônico, quais são os seus benefícios em relação a outros métodos e como escolher o melhor sistema para sua empresa.

Pensando nisso, preparamos este artigo completo a fim de informar tudo o que você precisa saber sobre ponto eletrônico e suas principais vantagens. Continue a leitura e confira!

Qual é a legislação do ponto eletrônico?

Inicialmente, o uso de ponto eletrônico foi introduzido a partir do advindo do RPE, ferramenta que automatizava o registro de ponto, sendo regulamentado apenas pela Portaria nº 1510 do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE). O documento era conhecido como “Lei do Ponto Eletrônico”, justamente por abranger praticamente toda aplicação da ferramenta pelas empresas.

Entretanto, à medida que a tecnologia avançou no RH surgiram sistemas de controle de ponto alternativos, como o registro por aplicativo ou o ponto online. Oferecendo diversas vantagens por um custo-benefício excelente, os registros de ponto alternativos foram absorvidos pelas empresas e passaram a precisar de uma norma que também os contemplasse. Por isso foi criada a Portaria 373 do MTE, em 2011.

O que diz a nova portaria?

Por meio da atualização na legislação sobre o ponto eletrônico, os sistemas modernos que incluem recursos até como reconhecimento facial puderam ser implementados de forma adequada nas empresas.

A nova portaria estendeu as exigências legais requeridas em outros métodos sobre a proibição de ações que adulterem a confiabilidade do sistema para os fins legais previstos, como:

  • restringir o horário para marcar o ponto;
  • marcar automaticamente o ponto, usando os horários descritos no contrato ou predeterminados de outra maneira;
  • a exigência do sistema de alguma autorização prévia para o registro de hora extra (sobrejornada);
  • existência de dispositivos que consigam alterar os dados inseridos pelo empregado no sistema.

Como era o monitoramento antes do ponto eletrônico?

Agora que já está claro o que é legalmente esperado de um ponto eletrônico, podemos partir para seu modo de funcionamento. A partir da forma como um sistema de registro de ponto opera, fica mais fácil entender, inclusive, todos os seus benefícios em relação aos outros métodos — como o Livro Ponto.

Vale ressaltar que antes da invenção do ponto eletrônico eram utilizados métodos manuais ou mecânicos. Em outras palavras, significa dizer que ou a empresa contratava alguém apenas para ficar controlando a entrada e a saída dos funcionários ou, no máximo, a organização contava com um dispositivo de bater ponto que automaticamente imprimia no cartão dos empregados as informações.

Quais são os benefícios da utilização do ponto eletrônico?

Como você deve ter notado, antes do RPE havia muito espaço para aprimoramento nos procedimentos de controle de entrada e saída dos funcionários.

A chegada do ponto eletrônico representou um “divisor de águas” na forma como que as empresas tratavam o registro e até a conferência dos dados de jornada do trabalho dos funcionários. Essa melhoria influenciou diretamente na evolução atividades cruciais para aspectos vitais da empresa, como a saúde financeira do negócio.

Vamos entender esse desenvolvimento melhor adiante, ao descrever as principais vantagens relacionadas a essa inovação no controle de jornadas. Acompanhe!

Maior segurança de controle

Ao implementar um sistema eletrônico para o registro de ponto, um dos principais efeitos positivos alcançados é a eliminação do erro por falha humana que incorre até em erros na folha de pagamento. É inevitável que em um sistema convencional, como o Livro Ponto, ocorram falhas relativas a um defeito causado por uma pessoa que insere e altera dados pessoalmente, por exemplo.

Powered by Rock Convert

Seja por conta de desatenção ou má-fé, a adulteração dos dados e o registro realizado incorretamente acarreta em problemas sérios para a empresa. Usar um recurso eletrônico de ponto é contar com a automação de procedimentos do RH, que reflete em um sistema bem mais seguro e eficiente.

Praticidade

Além da segurança trazida pela automatização relativa ao registro do ponto, a organização também se beneficia de praticidade em realizar registros e em conferir ou cruzar dados.

Apenas imagine um profissional de RH realizando uma conferência a respeito das horas trabalhadas no mês para fazer um cálculo sobre o salário de alguns colaboradores. Se esse profissional contar com um sistema integrado e automatizado, como um software moderno e móvel, ele gastará alguns minutos do seu dia nessa atividade, no máximo.

Entretanto, se a mesma ação tem que ser desempenhada em um sistema manual ou mecânico, a coisa se complica bastante e já significa muito mais tempo gasto.

Otimização da gestão de pessoas

Considerando os processos apresentados que são automatizados, como o registro de entrada e saída e a conferência de dados dos colaboradores, as vantagens de um sistema eletrônico de ponto abrangem outros aspectos da gestão de pessoas.

A partir do uso de um sistema moderno de registro, muitas vezes se obtém também a centralização e o cruzamento de dados importantes na gestão dos funcionários, o que permite a otimização de procedimentos relativos a férias e escalas de trabalho.

Redução de ações trabalhistas

Com a eliminação da falha humana e da possibilidade de alteração manual de dados importantes, há o declínio significativo em ações trabalhistas relacionadas a problemas nas jornadas de trabalho.

Um sistema de ponto eletrônico de acordo com a legislação vigente consegue proteger com eficiência a empresa de fraudes, processos trabalhistas e problemas por erro administrativo de controle de dados dos funcionários.

Como escolher o melhor sistema?

Agora que você já sabe exatamente como funciona e quais as vantagens em implantar o ponto eletrônico, é fundamental saber adotar a melhor solução para a sua empresa. Logo, é imprescindível ter em mente se o sistema apresenta todos os requisitos necessários para atender a empresa, como a possibilidade de montar escalas de trabalho e controlar previsão de férias e recessos.

Além disso, é importante conferir vantagens adicionais que podem ser ofertadas como o Painel RH, mobilidade e reconhecimento facial no registro de ponto.

Contar com um sistema de ponto eletrônico eficaz e que atenda bem as demandas da empresa é obter uma vantagem competitiva que influencia diretamente no crescimento da organização.

Uma empresa que consegue atender todos os benefícios citados acima, inclusive os adicionais, é a FolhaCerta. Entre em contato e conheça o sistema ideal para você!